Arrow
Arrow
Slider

A cidade de Marau

Histórico

Localizado no Norte do Estado, na região do planalto médio, Marau tem uma área de mais de 650 quilômetros quadrados.

Colonizado por imigrantes italianos, em 1904, foi transformado município em 28 de fevereiro de 1955. Com uma população superior a 36 mil habitantes, as empresas instaladas em Marau atendem aos mais diversos setores, entre eles, alimentos, couros, equipamentos para avicultura e suinocultura, metal mecânico e o setor da construção civil.

images acidade 1

Origem e emancipação

  • Antes de 1827: o território fazia parte da província jesuítica chamada de Missões Orientais do Uruguai, formada por índios guaranis e coroados.
  • 1845: o cacique Marau, chefe de um bando de Coroados, morre em combate com os brancos às margens de um rio que passou a ser denominado de Rio Marau.
  • 1904: os descendentes dos imigrantes italianos iniciam a colonização de Marau.
  • 1908: o povoado do Tope, primeiro núcleo populacional de Marau, tinha 2.500 habitantes.
  • 10 de janeiro de 1916: cria-se o 5º Distrito de Passo Fundo, “importante colônia e celeiro de Passo Fundo”, com sede no Tope.
  • 1918: abre-se a estrada que liga Marau a Passo Fundo, via Taquari.
  • 3 de julho de 1920: o povoado de Marau é elevado à vila e passa a ser a sede do 5º Distrito. Em 1923 surge o frigorífico Borella e Cia Ltda., marco da indústria marauense, que logo se tornaria fornecedor regional e nacional de salame, presunto, mortadela e banha.
  • 1934: os freis capuchinhos assumem a assistência espiritual dos marauenses.
  • 18 de dezembro de 1954: Marau emancipa-se com 1.055 Km2, desmembrados de Passo Fundo e Guaporé. Em 17 de fevereiro de 1959, com a anexação de Camargo, até então pertencente à Soledade, Marau chega à 1.192 Km².
  • 28 de fevereiro de 1955: o município é instalado oficialmente e esta torna-se a data de seu aniversário.
  • Até a década de 60, a agricultura de Marau manteve um caráter de subsistência, mas a criação de suínos já se transformara em atividade comercial desde a década de 20.
  • Na década de 70, a instalação de agências bancárias, o cooperativismo agrícola e a mecanização da lavoura alteraram radicalmente o perfil da produção marauense. Entretanto, a crise no setor, verificada na década de 80, provocou não somente um grande êxodo rural, mas uma nova mudança na atividade. Ao todo, a agropecuária reúne mais de 1.700 estabelecimentos e ocupa o segundo lugar em valor adicionado no município.
  • O parque industrial de Marau ganhou forte impulso, especialmente nos setores de alimentos, couros, metal mecânico e equipamentos para avicultura e suinocultura.
  • Atualmente, Marau conta com cerca de 200 empresas, totalizando mais de 6.500 empregos. Os demais empregos são oferecidos por cerca de 860 estabelecimentos comerciais e mais de 1.300 estabelecimentos do setor de prestação de serviços.

O desenvolvimento econômico modificou a demografia de Marau: de 25.348 habitantes registrados em 1996, o município passou a 30.193 habitantes em 2003. A urbanização também se evidencia neste período: a cidade passou de 17.120 moradores para 24.964.

Hoje, Marau se destaca também pelas atividades turísticas, com a Rota das Salamarias e o Caminho das Águas e Sabores. Marau tem o título de uma das maiores cidades produtoras de salame da América Latina e a segunda maior produtora de leite do Estado.

Distâncias

  • De Porto Alegre 269 Km
  • De Passo Fundo 28 Km
  • De Caxias do Sul 190 Km

Prefeito: Iura Kurtz
Vice-Prefeito: Rui Carlos Gouvêa

rodape patrocinadores